• Sândor Vasconcelos

Nova York - 7 dias

Atualizado: 31 de Jan de 2019


Precisa de visto? Para brasileiros, sim. Acesse aqui as informações para aplicar

Algum outro documento? Leve impressos os comprovantes de passagem de volta, hotel, passeios e tenha em cash uma quantia compatível com o número de dias que pretende ficar em solo americano (eu costumo calcular de US$ 80 a US$ 120 por dia, dependendo do que eu fecho antes da viagem - passeios, atrações, etc.). A imigração pode ser bem chata (já tive experiências boas e ruins), então não corra riscos, pois o visto não é garantia absoluta de entrada no país

"Modo de usar" este roteiro: fiz um compilado de algumas viagens que fiz a NY, colocando as atrações agrupadas por proximidade, priorizando ir a pé de uma a outra. Sugiro conferir os horários (que costumam sofrer poucas alterações) e os valores (que podem mudar muito) nos links oficiais que coloquei e... boa viagem!

Dia 1

Trinity Church

Comece o dia nessa bela igreja, que já sobreviveu a tudo quanto é tipo de catástrofe, desde furacão até a queda do WTC.

Quanto: entrada gratuita

Infos atualizadas aqui


NY Stock Exchange (Bolsa de Valores)

Siga pela Wall St. até esse prédio símbolo americano. Visita apenas externa.

Quanto: grátis


Charging Bull

Volte pela Broadway St. até a famosa estátua do touro.

Quanto: grátis


Battery Park

Siga até o píer do parque para avistar a Estátua Liberdade (para quem quer visitá-la, pode comprar o passeio para o mesmo dia ou para outra data. Já visitei, subi até a cabeça e não recomendo, pois é bem sem graça. Mas, claro, depende do gosto de cada um).

Quanto: grátis


Casa de Elizabeth Ann Seton

Desça a State St. até onde viveu a primeira santa dos EUA. Anexa à casa fica a St. Peter's Church.

Quanto: grátis

Horários: 8h-17h seg a sex / antes e depois das missas sáb e dom

Infos atualizadas aqui


One World Observatory

A 20 minutos de caminhada fica o complexo do World Trade Center. Para mim, o One World é melhor prédio para ver NY do alto, a visita é um verdadeiro show.

Quanto: US$ 34 on-line (preço de 2018)

Horários: 9h-21h de 4 janeiro a 30 abril / 8h-21h de 1 maio a 4 setembro / 9h-21h de 5 setembro a 20 dezembro / 8h-20h de 21 de dezembro a 3 de janeiro

Duração: 1h30 a 2h

Infos atualizadas aqui


Museu Memorial 11/9

Prepare-se para chorar, há gravações telefônicas dos minutos finais de vítimas, depoimentos, carro dos bombeiros destruído, mas é incrível.

No complexo fica o Memorial 11/9 (grátis, 7h30 - 21h).

Quanto: US$ 24 (preço de 2018) - sugiro comprar on-line, filas longas

Horários: 9h - 20h dom a qui / 9h - 21h sex e sáb / última entrada 2h antes fechar

Duração: 2h a 3h

Infos atualizadas aqui


• Na região fica a loja Century 21 (na Cortlandt St.), que para mim é a melhor loja de NYC, com preços e qualidade incríveis de roupas, perfumes e eletrônicos. Muito melhor que Macy’s, por exemplo. Há uma segunda unidade, menor, na W 66th com a Broadway.

Dia 2

Barco ao redor da ilha

Um passeio do qual não esperava nada, mas que me encantou foi Best of NYC Cruise, que dá a volta na ilha toda e proporciona umas vistas inacreditáveis. O barco passa bem perto da Estátua da Liberdade, dá ótimas fotos.

Quanto: a partir de US$ 43 (preço de 2018) - sugiro comprar on-line

Horários: variam de acordo com a época, veja link abaixo

Duração: 2h30 a 3h

Infos atualizadas aqui


Highline

Essa linha férrea desativada virou umas das principais atrações nova-iorquinas e, realmente, é muito agradável. uma sugestão é entrar nela pelas imediações da loja B&H (10h-18h dom / 9h-19h seg a qui / 9h14h sex / fecha sáb), famosa pelos eletrônicos, que fica na 9th com 34th. De lá, siga pela 34th até a entrada da Highline e vá até o fim (sentido norte-sul).

Quanto: grátis

Horários: 7h-19h de 1 dezembro a 31 março / 7h-22h de 1 abril a 31 maio / 7h-23h de 1 junho a 30 setembro / 7h-22h de 1 outubro a 30 novembro

Infos atualizadas aqui


Chelsea Market

Da saída da Highline, pegue a 9th e em minutos você estará no mercado, que tem umas guloseimas maravilhosas.

Quanto: entrada gratuita

Horários: 7h-2h seg a sáb / 8h-22h dom

Infos atualizadas aqui


Eataly

A pé, em meia hora chega-se a esse outro paraíso da comida e da bebida, que fica na 5ª Avenida, número 200. Em frente fica o famoso prédio Flatiron Building e o Madison Square Park.

Quanto: entrada gratuita

Horários: 9h-23h

Infos atualizadas aqui


• À noite, a região da Times Square ferve. Vale visitar lojas como M&M's, Disney, Hard Rock Cafe.

Dia 3

Empire State Building

Como já escrevi, a melhor visita para ver NY de cima é o One Observatory. Mas o Empire State é um símbolo da cidade, então vale colocar no roteiro. Pra mim é a terceira opção (o Top of the Rock achei mais legal, também)

Quanto: a partir de US$ 37 (preço de 2018)

Horários: 8h-2h

Infos atualizadas aqui


Biblioteca Pública de NY

Caminhando 10 minutos pela 5ª Avenida chega-se à biblioteca que foi cenário do filme O dia depois de amanhã. Bem legal e a visita é rápida.

Quanto: entrada gratuita

Horários: 10h-18h qui a sáb e seg / 10h-20h ter e qua / 13h-17h dom

Infos atualizadas aqui


Estação Grand Central

Siga pela 5ª Avenida e vira à direita na 42th. O tour com audioguide é muito legal, recomendo fazer, pois o prédio tem história rica e curiosidades.

Quanto: entrada gratuita / US$ 9 audioguide (preço de 2018)

Horários: 5h30-2h

Infos atualizadas aqui


Catedral St. Patrick’s

Essa linda igreja fica na 5ª Avenida, vale a visita. Tem tours guiados, veja no link abaixo.

Quanto: entrada gratuita / US$ 5 tour guiado (preço sugerido em 2018)

Infos atualizadas aqui


Apple Store

Fica quase no Central Park, o prédio é maravilhoso.

Quanto: entrada gratuita

Horários: 24h


Central Park

Outro ícone da cidade, conta com várias atrações. Caminhar sem rumo ou sentar para um lanche é uma delícia. Um dos pontos interessantes é o Strawberry Fields (foto), memorial a John Lennon. Fica na altura da W 72th, rua em que também fica o Edifício Dakota, onde ele foi assassinado e a Yoko Ono ainda mora.

Quanto: entrada gratuita

Horários: livre

Infos atualizadas aqui


Museu de História Natural

Dependendo da hora, ainda há tempo para visitar o museu, que fica a 5 minutos do Ed. Dakota. Não é uma atração que me agrada, mas muita gente adora.

Quanto: US$ 23 (preço de 2018)

Horários: 10h - 17h45

Infos atualizadas aqui

Dia 4

Museu Guggenheim

Esse importante museu de arte é pequeno e muito legal. Só o prédio já vale a visita.

Quanto: a partir de US$ 25 (preço de 2018)

Horários: 10h-17h45 seg a qua, sex e dom / 10h-19h45 sáb / fecha qui

Duração: cerca de 2h

Infos atualizadas aqui


Museu Metropolitan

É gigantesco, dá pra passar um dia todo e ainda vai faltar muita coisa. Chegue cedo, porque a fila é longa. O tempo aqui vai depender do interesse de cada um.

Quanto: US$ 25 (preço de 2018)

Horários: 10h-17h30 dom a qui / 10h-21h sex e sáb

Infos atualizadas aqui

Dia 5 - Brooklyn

Williamsburg

Comece o dia na parte do Brooklyn que está bombando. O bairro é sensacional, exala cultura, tem lojinhas lindas, feirinha, etc. Passe pelo East River State Park para ter uma vista bacana de Manhattan. Na região também fica a Brooklyn Brewery (infos sobre visita/degustação aqui).

Brooklyn Bridge Park

No North 5th Street Pier and Park, pegue o barco (compre o ticket na máquina) e siga até a região da Brooklyn Bridge. Entre no parque, vale andar por ele todo até a altura da Joralemon St. e voltar pela Brooklyn Heights Promenade (6h-1h). Se ainda tiver energia, vale muito a pena cruzar a Brooklyn Bridge a pé.

Quanto: grátis

Horários: 6h-1h

Infos atualizadas aqui

Dia 6

MoMa

Aqui estão alguns dos quadros mais famosos do mundo, entre eles o Starry Night, de Van Gogh, e A Persistência da Memória, de Salvador Dalí. Maravilhoso.

Quanto: US$ 25 (preço de 2018)

Horários: 10h30-17h30 sáb a qui / 10h30-20h sex

Infos atualizadas aqui


Top Of the Rock

Fica no Rockefeller Center e para mim é o segundo melhor ponto para ver NYC do alto. Mesmo que tenha subido no One World, vale a pena subir aqui também, especialmente um pouco antes do pôr do sol. Dá pra comprar o ticket on-line com hora marcada.

Quanto: US$ 36 (preço de 2018) on-line

Horários: 8h-0h30

Infos atualizadas aqui

Dia 7

Sede da ONU

O projeto arquitetônico do prédio é de Oscar Niemeyer e não é necessário falar sobre a importância da ONU.

Quanto: grátis parte externa / US$ 22 tour guiado

Horários: 9h-16h45 / tours guiados de seg a sex

Infos atualizadas aqui


• O restante do dia é livre para encaixar algo que tenha faltado dos dias anteriores ou acrescentar algum ponto de interesse.

Programas culturais

- New York Philarmonic - veja no site se tem um espetáculo durante sua estadia, é coisa linda. - Carnegie Hall - outro ponto imperdível para os amantes das artes, uma das salas mais importantes do mundo. Acesse aqui o site. - Dos espetáculos da Broadway, adorei O Rei Leão, que é praticamente unanimidade. Veja a lista dos espetáculos disponíveis no site oficial. Uma dica é adquirir tickets com desconto na TKTS, guichê que fica na Times Square (e em mais 3 endereços) e vende lugares que estão sobrando para os espetáculos do dia. Tem bastante fila, mas o desconto pode compensar. Veja a lista disponível para o dia no site oficial (não dá pra comprar on-line, só pessoalmente).


Programas esportivos

- Para quem ama esportes, NY é um prato cheio. A atração mais acessível é ver um jogo do NY Knicks (basquete - ingressos aqui) ou do NY Rangers (hóquei - ingressos aqui) no Madison Square, que fica em Manhattam. O Brooklin Nets joga no Barclays Center, cujo acesso é bem fácil. A cidade ainda possui 2 times de baseball, Mets e Yankees (ingressos aqui), e 2 de futebol americano, os Jets e os Giants (ingressos aqui). Já tive a oportunidade de ver basquete, baseball e futebol americano nos Estados Unidos, é uma experiência incrível. Acesse os sites, veja a tabela, garanta o ingresso e boa diversão.

Outro evento muito legal é a Maratona de NY, que ocorre no começo de novembro. Tive a sorte de acompanhar as festividades do dia anterior à prova, com desfile das delegações no Central Park. É muito divertido!

Comida

- Carmine’s - massa ótima com preço em conta, pratos gigantes, dá para 2 ou 3 pessoas. Fica na região da Broadway. - Hard Rock Cafe da Times Square - ambiente legal e exibição de objetos históricos da música, como dos Beatles e outros músicos e bandas famosos. - Junior’s - cheesecake maravilhoso! Eu nem ligo pra esse tipo de doce e amei. - Shake Shack - melhor hambúrguer de fast food! O vegetariano (minha opção de alimentação) é sensacional. - Vale muito a pena provar o maravilhoso hambúrguer vegetariano The Impossible Burger, uma iniciativa que está revolucionando o mercado de comida vegetariana no mundo. Tem vários endereços. Eu comi no Momofuku Nishi, a região é bem legal pra andar um pouco depois. - Perto do MoMa (na esquina da 53rd com a 6th) tem uma barraquinha de sanduíche de falafel maravilhoso e barato, chama The Halal Guys.


Dicas gerais

- NY exige esforço, é muita gente nas ruas e uma correria danada. Não entre nessa vibe, vá na boa, ande, observe, descubra coisas legais em cada canto. Se não der pra zerar o roteiro, é um grande motivo para voltar.

- Priorize andar. Nada de táxi e muito menos alugar carro. Mesmo o metrô é meio carinho, mas, claro, é uma boa opção.

- Baixe algum app do metrô, pois as estações são confusas.

- Alguns restaurantes e taxistas pedem até 18% de gorjeta. Considere isso no orçamento.

- Se tiver alguns dias a mais nos Estados Unidos e quiser visitar cidades próximas a NY, sugiro Boston, Filadélfia e Washington. Os ônibus são baratos, confortáveis e a viagem não dura mais de 4 horas.

- Muita gente se empolga e perde um dia inteiro no outlet Woodbury, que fica a mais de 1h de carro de NY. Eu fui e não achei que vale a pena. Para mim, compensa muito mais comprar na Century 21 ou ir até o The Mills at Jersey Gardens, que fica em Newark.

45 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
Sobre mim

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com

Receba as novidades

Sândor Vasconcelos, jornalista profissional e turista amador. Resolvi juntar as duas coisas e criei o blog. Espero que os roteiros, dicas e sugestões sirvam de inspiração para muitas viagens.